4 naufrágios no Brasil que são ótimos para mergulho

Quem nunca considerou praticar o turismo sustentável por meio de mergulhos nos naufrágios no Brasil, definitivamente deveria considerar essa possibilidade.

Afinal, a experiência de mergulhar nesses locais supera a experiência de um mergulho “comum”, permitindo que se conheça mais da fauna marinha e, também, que se tenha um contato maior com parte da nossa história, por meio das embarcações naufragadas.

Mas quais seriam os naufrágios mais procurados no Brasil, para esse tipo de atividade?

Descubra quais são eles na leitura a seguir!

Relembrando o que é um naufrágio

Antes de seguir, porém, vale a pena relembrar o que é um naufrágio, de modo a conseguir compreender com mais clareza a grandeza da experiência de se aproximar de um.

Eis a explicação, resumida:

Um naufrágio é qualquer embarcação que, por algum motivo, tenha afundado, seja por causa do impacto ao se chocar contra algo ou por dano causado por outra embarcação, por exemplo.

E por falar em exemplos: o Titanic é, certamente, um dos naufrágios mais famosos do mundo!

Agora, sim, vamos à lista dos 4 naufrágios mais procurados no Brasil pelos amantes do mergulho.

Os naufrágios no Brasil que todo amante do mergulho precisa conhecer

1. Naufrágio Pinguino – Angra dos Reis (Rio de Janeiro)

Localizado mais especificamente nas águas próximas à Ilha Grande, esse naufrágio ocorreu em um contexto diferente dos citados acima: um curto-circuito causou um incêndio que não pôde ser controlado e, dois dias depois, a embarcação estava a 18 metros de profundidade, onde se encontra até hoje.

Isso ocorreu em 1967, e transformou esse cargueiro do Panamá em uma das atrações mais buscadas por quem ama mergulhar. E o melhor: a visibilidade da água chega a até 15 metros, possibilitando uma melhor experiência de contemplação tanto para quem está iniciando na arte do mergulho quanto para quem já é experiente.

Mas, atenção: é possível apreciar o navio apenas pelo lado de fora!

2. Naufrágio Corveta Ipiranga – Fernando de Noronha (Pernambuco)

Essa embarcação, brasileira, naufragou em 1983 aproximadamente 8 horas após se chocar contra uma rocha, e hoje encontra-se em uma profundidade de pouco mais de 60 metros.

O Corveta Ipiranga, por sinal, se destaca como um dos principais naufrágios do Brasil por ainda manter sua estrutura, e seus objetos (os que não puderam ser resgatados junto aos tripulantes) praticamente intactos.

E esse, claro, é um ótimo atrativo para os mergulhadores. Porém, o indicado é que somente quem realmente possui experiência nesse tipo de mergulho adentre na embarcação, uma vez que, para fazer isso de forma segura, é preciso ter domínio de algumas técnicas.

3. Naufrágios Espera 7 e Dianka (Paraná)

Esses são outros dos naufrágios no Brasil mais procurados para mergulho, justamente por conta das características que os tornam tão especiais.

Trata-se, na verdade, de duas balsas que foram afundadas “de propósito” em 2001, como parte de um programa que tinha como objetivo estimular a formação de um recife, existindo apenas uma distância de pouco mais de 9 quilômetros entre elas.

A distância da costa, porém, é de mais de 40 quilômetros, em mar aberto. E, por isso, recomenda-se que apenas mergulhadores com vasta experiência, principalmente em relação a naufrágios, participem do mergulho. Isso, claro, junto a uma equipe que conheça bem o local.

A visibilidade tende a ser incrível e, somando-se essa informação ao fato de ali haver uma forte presença da vida marinha, percebe-se que é uma experiência e tanto, não é mesmo?

4. Naufrágio Madre de Dios – Ilha de Boipeba (Bahia)

Existem naufrágios em todo o Brasil, e na Bahia não seria diferente!

O Estado conta com ótimos pontos de mergulho para a observação de embarcações, inclusive aqui, na Ilha de Boipeba, mais especificamente na Ponta dos Castelhanos, no sul da ilha.

Segundo os relatos relacionados à história desse destino, o navio espanhol Madre de Dios se chocou contra os recifes, em 1535, vindo a afundar em seguida. Um dos fatos mais impactantes dessa história, porém, está relacionado à tripulação:

Acredita-se que 90 pessoas, que estavam no navio, foram mortas pelos índios Tupinambás, quando tentavam chegar em terra firme.

Mas, voltando à atualidade, e à possibilidade de praticar mergulho no local, vale ressaltar que a visibilidade ali é propícia à prática somente em alguns meses, mais especificamente entre novembro e abril.

Isso porque, na Ponta dos Castelhanos, há proximidade das águas do rio com as águas do mar, o que impossibilita ver o naufrágio, e outras belezas, com clareza em outras épocas do ano.

As vantagens de praticar mergulho na Ilha de Boipeba

Agora que você já conhece alguns dos naufrágios no Brasil que mais fazem sucesso entre os mergulhadores, pode ser que esteja em dúvida sobre qual destino escolher para mergulhar e ver um naufrágio de perto.

E a nossa dica não poderia ser outra: venha para a Ilha de Boipeba!

Aqui, além de conhecer o navio Madre de Dios, você poderá desfrutar de outras atividades igualmente marcantes, na própria Ponta dos Castelhanos. Afinal, é ali que se localiza a Praia de Castelhanos, uma de nossas praias mais paradisíacas.

Além do naufrágio propriamente dito, suas piscinas naturais também são um atrativo e tanto!

E por falar em piscinas naturais…

Tanto na Ponta dos Castelhanos quanto em Moreré, um dos nossos vilarejos mais famosos, é possível desfrutar dessas piscinas mergulhando com snorkel e tendo um contato mais próximo com os peixinhos que embelezam nossas águas.

Venha viver tudo isso!

Não espere mais para começar a planejar sua viagem para esse que é um dos destinos mais procurados por quem vem para a Bahia!

A Ilha de Boipeba te aguarda de braços abertos, e com muitos outros atrativos, que vão além dos mergulhos e certamente farão dessa, a viagem mais incrível de sua vida.

Que tal conhecer uma comunidade quilombola, fazer um passeio noturno para observar o fenômeno da bioluminescência em nossos mangues e até mesmo observar as baleias Jubarte que visitam nosso litoral?

Tudo isso, e muito mais, está à sua espera! E para você ter certeza do que encontrará por aqui, confira esse post com algumas fotos dos melhores lugares da Ilha de Boipeba.


10 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

10 visualizações

0 curtidas

0 comentário

4 naufrágios no Brasil que são ótimos para mergulho

27/07/22