top of page

Afro turismo: o que é e por que é tão importante?

O que vem à sua mente quando você lê ou escuta o termo afro turismo? Pode não parecer, mas tal termo possui um significado que vai muito além do que dá a entender em um primeiro momento. E conhecer esse significado é fundamental para qualquer pessoa, não só para turistas.

Quer aprender mais a respeito para, entre outras coisas, saber como viajar escolhendo locais nos quais o turismo sustentável e o afro turismo se fazem presentes?

Continue a leitura desse artigo até o final!

Afinal, o que é o afro turismo?

De forma resumida, o afro turismo pode ser explicado como uma verdadeira vertente do turismo que conhecemos.

Uma vertente que, como o próprio nome sugere, não se restringe ao turismo tradicional propriamente dito, e vai além, dando o merecido destaque ao protagonismo negro.

Por que o afro turismo é tão importante

A importância do afro turismo reside no fato de ele ir muito além do ato de viajar.

Ele é a representação da possibilidade de nos reconectarmos com nossa história e nossa cultura, que ainda se mantêm vivas por todo o Brasil. E não se trata de algo destinado somente a pessoas negras, por sinal.

Muito pelo contrário!

Todos podem, e devem, aderir ao afro turismo como enriquecimento de roteiros, de conhecimento e de experiências.

E, acredite: somente visitar destinos turísticos específicos não é suficiente.


Afro turismo
Afro turismo

Exemplos de atividades e iniciativas voltadas para o afro turismo

O ato de viajar para cidades que têm pessoas negras como parte de sua história, por exemplo, não é algo que, por si só, representa o afro turismo.

Essa iniciativa, claro, não deixa de ser importante. Mas é preciso ir muito além dela.

Faça uma reflexão agora mesmo:

Ao viajar para lugares como essas cidades, o que você busca fazer, como forma de enaltecer e preservar a história negra?

E as empresas que te ajudam a planejar sua viagem: quais iniciativas são adotadas, por elas, para que você possa praticar o afro turismo no destino escolhido?

Sabemos que essas perguntas podem ser difíceis de responder, pelo simples fato de que as respostas podem não ser das mais positivas. Mas isso, obviamente, não é “culpa” de ninguém: o termo, por si só, ainda é pouco difundido no Brasil.

Mas, faz parte do nosso trabalho ajudar a torná-lo mais conhecido.

Por isso, aí vão algumas dicas que separamos, e que você deve colocar em prática sempre que fizer uma viagem tendo o afro turismo como foco:

Conheça a verdadeira gastronomia local

E por gastronomia local nos referimos aos pratos tradicionais, como aqueles que foram criados pelos habitantes mais antigos, muitas vezes escravos, e se mantém até hoje como “marca registrada” da cidade ou região visitada.

Aprecie as manifestações culturais

Parar por alguns minutos para assistir a uma roda de capoeira, por exemplo, ou mesmo para apreciar qualquer outra manifestação da cultura negra, é outro ótimo exemplo do que você pode fazer, como afro turista.

Visite museus, igrejas e quilombos

Essa dica, obviamente, não poderia ficar de fora.

Afinal, todos esses locais representam a identidade negra de alguma forma, direta ou indiretamente. Enquanto os museus guardam registros e histórias, as igrejas, quando históricas, representam o trabalho de um povo que, mesmo hoje, luta por direitos e reconhecimentos. E os quilombos, por sua vez, possuem muito de todas essas características, sendo a história viva e acessível para todos nós.

E por falar em acessibilidade:

Não deixe de, na hora de começar a planejar sua viagem, realmente priorizar por ter ao seu lado empresas ligadas ao afro turismo de alguma forma, e que te darão acesso a ele.

Escolher se hospedar em uma pousada que tenha sido fundada e seja mantida por pessoas negras é um ótimo começo. Assim como contratar uma agência que preze por indicar pontos turísticos e atrativos ligados à identidade negra.


Linda turista - Afro turismo
Linda turista - Afro turismo

Destinos para praticar o afro turismo no Brasil

Felizmente, o Brasil está repleto de destinos nos quais o seu “eu” afro turista poderá vivenciar férias enriquecedoras e inesquecíveis.

Veja alguns exemplos:

Ouro Preto (Minas Gerais)

É impossível falar de afro turismo sem citar Ouro Preto.

Famosa por ser o local de exposição da cabeça de Tiradentes, a cidade histórica possui dezenas de construções levantadas por escravos, ou ligadas a eles de alguma forma. Conhecer a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, ou mesmo a senzala localizada junto à Casa dos Contos, por exemplo, é como mergulhar na cultura negra.

São Luís (Maranhão)

Sabia que a capital maranhense possui uma das maiores populações negras do Brasil?

E sabia que um dos seus museus, mais especificamente o Museu do Negro, localiza-se no mesmo espaço em que um dia funcionou um mercado de escravos?

Uma cidade que, definitivamente, qualquer adepto do afro turismo deveria visitar. A consciência desses erros da nossa história, contribuirá a que não voltem a se repetir.

Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)

A capital do Estado do Rio de Janeiro também surpreende os afro turistas com sua história.

E não é para menos: em sua zona portuária chegavam africanos escravizados, não muito distante do local no qual ocorria a venda de escravos.

Na cidade existe, ainda, o Memorial dos Pretos Novos, onde existiu o maior cemitério de escravos do Brasil (e das Américas).

Ilha de Boipeba (Bahia)

O Estado da Bahia definitivamente é um dos nossos principais polos de afro turismo. A começar por sua capital, Salvador.

Ali está a maior população negra do Brasil, além de essa cidade ser a porta de entrada para outros destinos importantes do mesmo gênero, como a Ilha de Boipeba.

Tendo sua cultura formada pelos indígenas que aqui habitavam, pelos colonizadores e, posteriormente, pelos escravos, a ilha é extremamente rica em termos de história e cultura negra.

A Comunidade Quilombola de Monte Alegre, bem como as apresentações e manifestações culturais que podem ser vistas frequentemente por aqui, são exemplos disso.


Turista flutuando na agua
Turista flutuando na água

Vivencie o afro turismo em Boipeba com a Bahia Terra Turismo

A Ilha de Boipeba definitivamente é um destino especial e, para conhecê-lo com o olhar de um afro turista, é importante planejar sua viagem, e seu roteiro, com quem conhece tudo sobre esse destino, como a Bahia Terra Turismo.

Continue a leitura dos outros conteúdos do Blog da Ilha para conhecer as dicas do que ver e fazer na ilha. E para fazer suas reservas ou tirar dúvidas, fale com a gente pelo WhatsApp.

264 visualizações0 comentário

264 visualizações

0 curtidas

0 comentário

Afro turismo: o que é e por que é tão importante?

27/09/22

bottom of page