top of page

Nilo Peçanha: saiba mais das possibilidades do destino

Atualizado: 16 de fev.

Normalmente o grande fluxo turístico que frequenta os municípios do litoral é atraído por praias de águas cristalinas e ilhas paradisíacas. Na Costa do Dendê não é diferente, principalmente na região onde estão as cidades de Cairu e Nilo Peçanha, que estão bem próximas das extraordinárias ilhas de Tinharé e Boipeba.


nilo pecanha
Cidade de Nilo Peçanha na Bahia

Mas o que poucos sabem é que cidades como Nilo Peçanha guardam tesouros naturais, históricos e culturais que podem e devem ser explorados numa viagem à região. Vamos conhecer mais sobre esta pequenina e linda cidade do baixo-sul baiano?

Onde fica Nilo Peçanha?

Atravessando a Baía de Todos os Santos pelo Ferry Boat, Nilo Peçanha fica a 135 km do Terminal Marítimo de Bom Despacho na ilha de Itaparica, sentido sul do estado. A viagem passará antes pelas cidades de Nazaré das Farinhas, Valença e Taperoá.


Matriz do Senhor do Bonfim
Matriz do Senhor do Bonfim - Nilo Peçanha

Um pouco da história

Em 1565, foi fundada a vila de Santo Antônio de Boipeba, que não resistiu aos constantes ataques dos bravos guerreiros aimorés. Posteriormente, em 1618, foi fundada a freguesia do Divino Espírito Santo de Boipeba, que sob grandes enfrentamentos com os aimorés, sobreviveu, mas pouco se desenvolveu ao longo dos séculos.

Em 1930, esta vila passou a se chamar Nilo Peçanha, cidade que possui importantes monumentos históricos tombados pelo IPAC (Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural), a exemplo da igreja Matriz do Senhor do Bonfim do séc. XIX, o sobrado da família Meireles do séc. XVIII, a antiga usina Mutumpiranga datada do séc. XIX e a casa da Fazenda Barra dos Carvalhos do séc. XIX.



Infraestrutura

A pequena cidade de Nilo Peçanha possui aproximadamente 15 mil habitantes e uma infraestrutura simplória e digna de uma cidade do seu tamanho. Algumas poucas pousadas, também poucos restaurantes, mercadinhos, um hospital municipal, farmácias e o necessário para o dia a dia.

Sua simplicidade é uma rica característica para quem busca um turismo pacato e histórico-cultural, além de oferecer inúmeras atrações naturais lindas e preservadas.

O que fazer em Nilo Peçanha

Além de passear pelas ruas de paralelepípedos e se deslumbrar com resquícios da arquitetura colonial, Nilo Peçanha é a principal base da tradição cultural Zambiapunga e oferece belas atrações ecoturísticas como o rafting pelo rio das Almas, a cachoeira do Oco e o passeio pela Fazenda Inada.

Zambiapunga

Zambiapunga - Nilo Pecanha
Zambiapunga - Nilo Peçanha - Fonte: @zambiapunga.np

É uma manifestação cultural e tradicional genuína que acontece no município de Nilo Peçanha. Pouco se sabe sobre a origem, apesar de algumas pesquisas já terem sido realizadas sobre o assunto. Especula-se que o termo é originário de Zamiapongu, deus supremo dos candomblés de alguns países como Angola e Congo.

O cortejo acontece quando homens mascarados e vestidos com roupas coloridas à base de retalhos de tecidos e papéis de seda, saem às ruas durante a madrugada do dia 01 de novembro, véspera do dia de finados, dançando e acordando a população com música tocada em instrumentos de percussão como tambores, cuícas, búzios gigantes e enxadas.

Não deixe de visitar a sede Zambiapunga de Nilo Peçanha, onde ficam expostas as roupas e máscaras utilizadas no cortejo.

Rafting pelo rio das Almas

rafiting nilo pecanha bahia
Rafting no rio das Almas em Nilo Peçanha - Foto: Ativa rafting

rio das Almas em Nilo Peçanha possui um trecho com corredeiras que variam entre os níveis de dificuldade II e IV e por isso é tão valorizado para a prática do rafting, com diversas corredeiras como o Salto do Tacho, o Salto do Boda, o Salto do Caldo e as Corredeiras do Himalaia.

O percurso total do rafting é de 6 km e dura aproximadamente 2 horas, sendo o ponto alto a descida da Corredeira do Himalaia, a de maior desnível na região. O passeio termina na ponte de Nilo Peçanha e passa por lindas paisagens compostas por mata atlântica e fazendas de dendê.

Cachoeira do Oco

O rio das Almas também proporciona uma queda d’água de 10 metros de altura, é a cachoeira do Oco. O local requer uma atenção especial com os riscos em função de não possuir apoio turístico e é acessado pela BA-001, entrando à esquerda após a ponte sobre o rio das Almas e seguindo por estrada de barro até o início de uma trilha aberta às margens do mesmo rio.

Fazenda Inada

Fazenda Inada
Fazenda Inada - Nilo Peçanha

É uma bela propriedade com lagos, criatório de peixes e diversas árvores frutíferas. Quem recebe os turistas é o Sr. Júlio, proprietário da fazenda, para um passeio de aproximadamente 2 horas pela propriedade.

Agendando com o Sr. Júlio previamente, o acesso é saindo da cidade de Nilo Peçanha e percorrendo cerca de 20 km por uma estrada rural.


Povoados próximos

A região de Nilo Peçanha possui muitos povoados de origem quilombola que merecem uma visita em função de preservarem muito da cultura de origem africana.


Povoado de Itiúca

Comunidade ribeirinha de pesca especializada também no cultivo de ostras e na extração da piaçava.

O acesso se dá saindo de Nilo Peçanha pela BA-001 até um entroncamento a 2 km ao sul e seguindo por estrada de barro em direção à Barra dos Carvalhos.


Povoado de Boitaraca

A comunidade quilombola é bucólica e vive da piaçava e da pesca, incluindo o trabalho de mariscagem. Seu principal ponto de visitação é a igreja Nossa Senhora da Conceição, que oferece ampla visão do rio dos patos.

O acesso se dá saindo de Nilo Peçanha pela BA-001 até um entroncamento 2 km ao sul e seguindo por estrada de barro em direção à Barra dos Carvalhos.



Povoado Jatimane

Essa vila é o local de um antigo quilombo e seus descendentes vivem da extração da piaçava e da produção de farinha de mandioca. Atualmente possui alguns bares e restaurantes, além de casinhas simples e a presença de uma igrejinha.

É um ótimo local para almoçar e provar os frutos do mar preparados de maneira muito especial! O acesso se dá saindo de Nilo Peçanha pela BA-001 em direção à praia do Pratigi e percorrendo cerca de 18 km até o povoado.


Povoado de São Francisco

Mais uma comunidade ribeirinha de grande beleza natural, já que está posicionado de frente para o rio dos Patos e seus manguezais.

Possui boa infraestrutura com cais de atracação, bares e restaurantes e é acessado saindo de Nilo Peçanha pela BA-001 até um entroncamento 2 km ao sul e seguindo por estrada de barro em direção à Barra dos Carvalhos.



Povoado de Barra dos Carvalhos

É o povoado de melhor infraestrutura da região, com cais de atracação de onde saem barcos para a ilha de Boipeba, além de uma pousada e restaurantes. Destaque para a produção artesanal de miniaturas em madeira de embarcações típicas da região, verdadeiras obras de arte que são vendidas como artesanato.

Seus habitantes vivem da pesca, principalmente do camarão, mas também de mariscos e crustáceos como siri, caranguejo e guaiamum. O acesso até Barra dos Carvalhos se dá saindo de Nilo Peçanha pela BA-001 até um entroncamento 2 km ao sul e seguindo por estrada de barro em direção à Barra dos Carvalhos.

Como chegar a Nilo Peçanha

A partir de Salvador existem dois caminhos, atravessando a Baía de Todos os Santos de Ferry Boat e percorrendo 135 km pela BA-001 ou percorrendo 295 km pela BR-101.

Uma ótima opção é contratar um transfer entre Salvador e Nilo Peçanha, com um receptivo te aguardando no Aeroporto Internacional de Salvador ou na recepção do hotel onde estiver hospedado.

A Bahia Terra Turismo

Desde 2006, levamos milhares de turistas anualmente aos mais diversos destinos baianos, sempre primando por segurança, conforto e pontualidade! Somos uma agência credenciada ao Ministério do Turismo e a ABAV (Associação Brasileira das Agências de Turismo).

Conheça a Bahia com a Bahia Terra Turismo!

479 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comentarios


479 visualizações

0 curtidas

0 comentário

Nilo Peçanha: saiba mais das possibilidades do destino

04/02/24

bottom of page