Canoa havaiana: O que é e onde praticar?

Principalmente nas regiões norte e nordeste do Brasil, os meios de transporte marítimo são usados com frequência. Barcos e jangadas fazem parte da vida de diversas pessoas, assim como pegar um ônibus ou um aplicativo de transporte em localidades urbanas, contudo, a canoa havaiana não é um meio muito visto por aí.


A canoa havaiana é parecida com as canoas tradicionais. Ela possui sua origem há cerca de três mil anos, na Polinésia, que agrupa ilhas do Oceano Pacífico, incluindo o Havaí.


O que difere esse tipo de locomoção de uma canoa comum é o componente chamado “flutuador”, uma espécie de segundo casco, ligado por hastes ao casco principal. Esta peça dá maior estabilidade à canoa, sem fazer com que perca velocidade.

Como a canoa havaiana funciona?


Esportivamente falando, há três modalidades: sprint, maratona e grandes travessias. Em todas, o grupo de remadores poderá, no máximo, realizar 20 remadas de cada lado. Também não é permitido tocar na raia ou realizar a remada de um lado, duas ou mais vezes seguidas.


Quais são os benefícios de praticar canoa havaiana?


Mesmo que você não seja um atleta do esporte, saiba que praticá-lo lhe ajudará tanto psicológica quanto fisicamente. A mudança imediata ocorre em músculos como coxas, braços e costas. Além destes, os ombros e o core (parte lateral da barriga), também são tonificados.


Com o exercício realizado regularmente, o condicionamento cardiovascular é melhorado, assim como a sua postura. Quanto à saúde mental, por ser um esporte coletivo, estimula a socialização e por consequência, melhora sua autoestima.


Onde praticar o esporte?


Pelo clima e paisagens magníficas que tem para oferecer, o Brasil possui muitos locais para realizar este esporte. E, diga-se de passagem, é ideal para quem quer juntar turismo com atividades físicas. Conheça a seguir alguns desses lugares.


Boipeba


Não por acaso, a famosa ilha de Boipeba também conta com passeios de canoa havaiana. Na Praia de Moreré, por exemplo, há dois trajetos disponíveis. Ambos com duração de 90 minutos.

No primeiro, o ponto de partida é na Praia da Cueira. O foco é curtir o visual e estar em contato com a natureza. Neste, é possível fazer uma pausa no destino, tomar um banho de mar e descansar embaixo das amendoeiras. Cabe destacar que o passeio ocorre na maré alta.


Já o segundo possui uma proposta diferente. Aqui, o turista circula pelas piscinas naturais de Moreré. De quebra, poderá fazer mergulho esportivo e interagir com a vida marinha. Diferente do primeiro, este é realizado na maré baixa.


Outro local interessante de Boipeba é a própria Praia da Cueira. Navegue por suas águas e tenha uma ideia completamente diferente do ponto turístico. O turista acaba com percepções completamente diferentes se conhecer tanto Cueira pelo mar quanto por terra firme.

Morro de São Paulo


Obviamente, como outro abençoado ponto turístico do estado da Bahia, o famoso Morro de São Paulo não poderia faltar. Este local pertence à ilha de Tinharé, ao norte de Boipeba e também faz parte do município de Cairu.


Realizando o trajeto todo pelo mar (porém, fazendo pequenas pausas ao longo do passeio), o turista irá conhecer as diversas praias de Morro de São Paulo, desfrutando do que cada uma tem para lhe oferecer.


Salvador


Outro lugar que não poderia ficar de fora. Da mesma forma que ocorre no passeio da Praia da Cueira, neste, é ressaltado o contraste de conhecer uma cidade “pela parte de fora”, passando ao redor e dentro dela, com sua rotina funcionando a pleno vapor.


Conheça pontos famosos da cidade como o Farol da Barra, Farol de Itapuã, Elevador Lacerda, Mercado Modelo e praias das zonas norte e sul, observando através do mar e conheça Salvador como um todo.

Fernando de Noronha


Outro local “fora de série”, desta vez saindo do litoral baiano, mas ainda no Nordeste. Fernando de Noronha é uma ilha, pertencente ao estado de Pernambuco. Ela está situada a 350 quilômetros da costa brasileira.

Assim como Boipeba, ela é muito recomendada para quem quer passar as férias em um lugar sossegado. Entretanto, isso não significa que ela não tenha suas peculiaridades e que não tenha “identidade própria”.


No passeio, você terá contato com golfinhos (e a famosa “performance”, onde pulam e dão um show de sincronia fora da água), além de outros animais, como tartarugas. Aqui, é permitido realizar mergulho esportivo.

Além de observar a vida marinha, obviamente, você também poderá dar uma parada e visitar os principais lugares da ilha como as praias do Porto, do Meio, do Cachorro e da Conceição. Um destaque para a primeira mencionada, onde se pode observar um navio naufragado.


Rio de Janeiro


Na região sudeste também existe passeio de canoa havaiana? Existe sim!!! Na “cidade maravilhosa”, você irá realizar todo o trajeto pelo mar e parar em alguns dos locais consagrados, até internacionalmente.


Copacabana, Leblon, Flamengo, Pão de Açúcar, Cristo Redentor, Barra da Tijuca e muitos outros. Se você está procurando uma “aula intensiva” sobre o Rio de Janeiro, conhecendo vários pontos em pouco tempo, este é o passeio ideal para você.

Avisos importantes para praticar canoa havaiana


A canoa havaiana é uma atividade que não requer uma preparação exaustiva, porém, existem algumas recomendações importantes.

  • Mesmo com a estrutura da canoa havaiana sendo bem estável, é necessário que o (a) praticante saiba nadar. Ou que utilize, pelo menos, um colete salva-vidas.

  • É altamente aconselhado utilizar protetor solar, óculos escuros e boné, independente de quanto tempo a pessoa irá praticar o esporte ou se ele é iniciante ou veterano.

  • Caso você sinta enjoo com facilidade, tome um remédio antes de realizar o exercício ou leve consigo uma cartela com o medicamento.

  • Sempre carregar uma garrafinha de água.

  • Caso sejas iniciante, comece a praticar exercícios de fortalecimento (tanto para as partes superiores quanto inferiores do corpo), para não sentir tanto a intensidade do esporte nas primeiras vezes.


A canoa havaiana é uma experiência diferente que permite ao turista apreciar as belezas de um lugar desde outro ângulo, aproveitando cada momento único do passeio.


Que tal visitar Boipeba e aproveitar para fazer um passeio de canoa havaiana? Saiba mais sobre esse mágico destino e planeje sua viagem. Então veja neste artigo, como é cada praia da Ilha e o que fazer em cada uma delas!


98 visualizações0 comentário

98 visualizações

1 curtidas

0 comentário

Canoa havaiana: O que é e onde praticar?

08/01/22