O que fazer

Em Morro de São Paulo existem várias opções de passeios desde caminhadas a passeios de lancha rápida. Admirar o por do sol é uma atração imperdível em Morro. Gostaria de algo mais radical? Conheça a Tirolesa!

Conhecido como o caribe brasileiro, Morro de São Paulo fica localizado em Salvador, no arquipélago de Tinharé. Um dos destinos mais visitados da Bahia, Morro chama atenção por suas praias paradisíacas, de águas cristalinas e areias brancas, sendo um excelente lugar para turismo ou descanso.

Passeio volta ilha de Tinharé

Para quem quer fazer passeios para conhecer o local, indicamos o Volta Ilha em Morro de São Paulo.

Um dos passeios mais requisitados pelos turistas que procuram pelo que fazer em Morro de São Paulo é o de "Volta à Ilha de Tinharé".

O embarque feito na terceira praia e tem duração de aproximadamente oito horas. O passeio é realizado em lanchas ou flex boat.

A Volta Ilha em Morro de São Paulo costuma ter um total de cinco paradas em piscinas naturais, onde é possível fazer mergulho com snorkel e observar a vida marinha do local, que conta com diversos peixes coloridos para observação.

O lugar também é apropriado para tirar fotos subaquáticas com câmeras especiais, pois os marujos das embarcações possuem uma técnica especial para atrair os animais, fazendo com que suas fotos fiquem cheias de peixes e animais marinhos.

As duas paradas principais, Garapuá e Ilha de Boipeba (Moreré), demoram aproximadamente 50 minutos cada. Se as piscinas naturais estiverem com boa visibilidade para mergulho e a maré estiver baixa, podem durar até mais.

A Volta Ilha em Morro de São Paulo começa às 9 horas da manhã e custa cerca de R$ 100 em baixa temporada ou R$ 130 em alta temporada. Os valores não incluem alimentação, que fica por conta do turista.

Uma sugestão para almoço é o restaurante do Guido da Lagosta, que é um dos mais famosos da região por servir lagostas em estilos variados. O local fica aberto até às 17h, então a hora do almoço é ideal para aproveitar as iguarias.

Para aproveitar ainda mais, o turista não deve esquecer de levar protetor solar, boné, óculos escuro, itens de primeiros socorros e dinheiro extra para as refeições e despesas pessoais, pois a ilha não possui bancos.

Os estabelecimentos comerciais do local contam com máquinas de cartão de crédito, porém, levar dinheiro em espécie é essencial, pois o sistema pode não estar funcionando.

Passeio Praia de Garapuá

Cercado por mata atlântica e um imenso coqueiral, a praia de Garapuá em Morro de São Paulo faz parte do arquipélago de Tinharé, na Bahia.

Se você está em busca de tranquilidade e sossego, esse é o local ideal. O deslocamento até lá exige um pouco de esforço, pois o acesso é por Salvador, passando por Morro de São Paulo.

Praia de Garapuá em Morro de São Paulo

Para quem está em busca do que fazer em Morro de São Paulo, o passeio até Garapuá certamente é um dos mais interessantes, pois permite a prática de vários esportes náuticos, como mergulho, pesca e windsurf. Vá conhecer também a famosa lagoa, que conta com três quilômetros de extensão de águas cristalinas.

Existem quiosques que servem petiscos e bebidas ao redor para quem busca apenas descansar e curtir a natureza. Uma dica importante é não esquecer de levar dinheiro extra, pois o serviço de cartão de crédito dos restaurantes pode não estar funcionando no dia da visita.

O passeio Praia de Garapuá sai da Segunda Praia, em Morro de São Paulo, e tem duração de aproximadamente sete horas. O receptivo segue por uma estrada até o bairro de Zimbo, onde moram nativos da ilha, indo até Garapuá sem outras paradas.

A praia conta com algumas pousadas e hotéis para atender os turistas, possui barracas que atendem bem aos visitantes. Um dos diferenciais do local em relação às outras praias de Morro de São Paulo é que o fundo do mar é de areia, diferente das outras, que possuem corais, dificultando o mergulho.

O passeio custa em torno de R$ 100 por pessoa e não costuma ter variação para alta ou baixa temporada. Vale lembrar que logo ao chegar no Morro de São Paulo, o turista precisa pagar uma taxa no valor de dez reais, cobrada pela Prefeitura de Cairu. A quantia é cobrada por pessoa acima de cinco anos e abaixo de 65 apenas uma vez, na entrada da ilha, no avião ou no cais do porto.

Passeio Ponta do Curral e Argila

Uma das dicas de passeios em Morro de São Paulo é ir à Praia Ponta do Curral, que é um dos passeios mais calmos e mais perto da ilha.

O ponto de partida é a Terceira Praia de Morro, por volta das dez horas, com horário de retorno marcado para às três horas da tarde.

O passeio para a Ponta do Curral em Morro de São Paulo tem saídas diárias. Os valores variam entre R$ 50 e R$ 70 reais, dependendo da temporada.

Após a saída da Terceira Praia, o barco passa também pela Segunda Praia, Primeira Praia e Fortaleza de Tapirandu. Próximo a essa última, a embarcação faz uma parada para mergulho de snorkel, onde é possível observar os peixes perto dos muros da Fortaleza.

A Ponta do Curral é muito procurada pelos turistas para descanso, pois suas paisagens naturais são exuberantes, proporcionando muita calma e tranquilidade.

Apesar da calmaria do local, durante os períodos de maré cheia, as ondas ficam de tamanho ideal para praticar surf e stand up paddle.

As margens da Ponta Do Curral são classificadas como áreas de preservação ambiental por causa da vegetação e também por ser local de desova de tartarugas, protegidas na região.

Você sabia?

Considerado o primeiro local de desembarque de cabeças de gado no Brasil, a Ponta do Curral é uma fazenda privada de aproximadamente 530 hectares, onde vivem apenas as pessoas que trabalham nas terras.

Além de chegar por meio dos passeios turísticos, você pode chegar à Praia Ponta do Curral a partir da cidade de Valença, por barcos ou lanchas.

Como não existem estruturas de barracas de vendas, o ideal é que o turista leve comida e água suficientes para não passar nenhuma dificuldade durante o passeio.

City tour em Morro de São Paulo

O que é o City Tour Morro de São Paulo?

Morro de São Paulo fez parte da colonização histórica do Brasil, sendo descoberto em 1931 pelo navegador português Martin Afonso de Souza. Durante a Segunda Guerra Mundial, os nazistas naufragaram alguns navios em frente a Primeira Praia. Quer saber mais sobre a história de nosso país? Então, faça o City Tour Morro de São Paulo, um dos passeios em Morro de São Paulo mais feitos pelos turistas.

Os locais de visitação são a Igreja Nossa Senhora da Luz, a Fonte Grande, o Casarão, onde Dom Pedro II se hospedou no século XVII, o Farol e o Mirante do Farol, cuja trilha é recoberta por mata atlântica e onde é possível ter uma das melhores vistas para Morro de São Paulo. Depois de tudo isso, você pode ainda observar o pôr do sol das muralhas do antigo forte.

Os valores para o City Tour em Morro de São Paulo variam de acordo com a data contratada. Em média, custa R$ 50 por pessoa e tem tempo de duração de seis horas, com doze quilômetros percorridos. 

Baleia Jubarte em Morro de São Paulo

Dá para ver baleia jubarte em Morro de São Paulo?

Durante o período de reprodução e cria, as baleias jubarte procuram regiões tropicais para dar à luz a seus filhotes. Sendo assim, elas fogem do frio da Antártica e migram para as águas quentes da costa Brasileira. No período entre os meses de julho a novembro é possível ver a baleia jubarte em Morro de São Paulo.

Parceira do Instituto Baleia Jubarte, o Turismo de Observação de Baleia Jubarte Morro de São Paulo. Durante os passeios, que são feitos em embarcações tipo escuna ou flex boat, há a companhia de um biólogo do instituto que acompanha as saídas para colher dados científicos sobre o comportamento da espécie. A distância permitida para observação desses animais gigantes é de, no mínimo, cinquenta metros.

Como ver baleia jubarte em Morro de São Paulo?

O whalewatching, como é conhecido o passeio de observação do animal, tem início no mês de julho. Durante esse período, enquanto os turistas se preparam para ver as baleias jubarte, o instituto de pesquisa intensifica seus trabalhos de pesquisa e resgate aos animais, já que é comum que os mesmos acabem encalhados em praias da região.

É nessa temporada de reprodução que cerca de nove mil baleias chegam perto do litoral do Brasil. Com o passeio, ver esses animais de perto se torna uma experiência incrível de observação de baleias jubarte em Morro de São Paulo. O biólogo que acompanha a embarcação fornece aos turistas curiosidades e os apresenta as espécies. 

A média de preço do passeio para ver baleia jubarte em Morro de São Paulo é de R$ 150 reais. Parte da renda arrecadada vai para o Instituto Baleia Jubarte para ajudar na proteção do animal.

O passeio conta com uma palestra sobre os hábitos da baleia e recomendações de como o turista deve ser comportar em alto mar.

Para chegar ao local de observação do animal, é preciso pegar uma embarcação e navegar por aproximadamente quarenta minutos e, então, aguardar. Normalmente, é possível ver as mães com seus filhotes recém nascidos e, se você tiver sorte, alguns saltos aéreos das baleias. 

Mangue Riders - Morro de São Paulo

Mangue Riders é uma ótima opção para quem busca o que fazer em Morro de São Paulo durante o dia. Ideal para quem quer observar de perto toda a forma de vida dentro do mangue, conhecer a cultura local dos pescadores e provar da culinária típica, que você não encontrará em nenhum restaurante da região.

O passeio Mangue Riders Morro de São Paulo permite que vocêadentreo mangue com um pescador local, conheça a praia paradisíaca que ele mora e ainda participe da pesca de siris e peixes.

Dependendo do dia e das condições climáticas, é possível sair com ele para pescar siri na lama. Você terá a oportunidade de conhecer de perto a importância do mangue para o meio ambiente e participar ativamente da pesca de siri, principal alimento da região.

Vocês podem também sair de barco para pescar peixe com rede, outra atividade fundamental para a população dos manguezais de Morro de São Paulo.

Por ser uma ilha, os manguezais são comuns em Morro de São Paulo. Eles são ecossistemas costeiros que ocorrem na transição entre a terra e o mar, em regiões tropicais e subtropicais, ocupando as regiões inundadas pelas marés.

Poucas espécies conseguem sobreviver em um ambiente com características de falta de oxigênio e alta concentração de sal. As plantas acabam sofrendo processos adaptativos com o passar do tempo e, por causa disso, é possível observar vegetações tão diferentes das do dia a dia, como as raízes aéreas, por exemplo.

O passeio Mangue Riders é bacana para quem quer conhecer a cultura local, conversar com pescadores e vivenciar experiências novas. Dentro do mangue é possível encontrar animais como ostras, siris, várias espécies de mariscos, caranguejos, guaiamus, aratus e lambretas, animais típicos de região. 

Baladas na Noite de Morro

As melhores baladas na noite em Morro de São Paulo:

Não são apenas as praias que enchem os olhos dos turistas, mas as baladas na noite em Morro de São Paulo também fazem a alegria dos visitantes. Pouca gente sabe, mas Morro de São Paulo é famoso por suas festas que nunca acabam, pois acontecem de dia e de noite, todos os dias da semana, durante o ano todo.

A noite começa na Segunda Praia, repleta de barracas de bebidas, caipifrutas e drinks diversos, onde as pessoas fazem o esquenta para as baladas. Para quem busca o que fazer em Morro de São Paulo à noite, as baladas são, definitivamente, uma das melhores opções. Nos sábados, as festas costumam acontecer na boate Pulsar Disco, localizada no caminho do forte. As baladas têm temas variados, como cassino, a fantasia e flash dance.

São muitas as baladas na noite em Morro de São Paulo e elas acontecem todos os dias da semana. Nas sextas feiras, a Toca do Morcego é o local ideal para quem curte um ambiente agitado com música eletrônica. É também na Toca do Morcego que os turistas podem assistir ao pôr do sol ao som de house music seguido por música ao vivo.

Conheça as baladas na noite em Morro de São Paulo:

Nas segundas e quintas-feiras as festas acontecem na Segunda Praia. São luaus com barracas de venda de drinks à beira mar, com um som bem variado, que vai de MPB a música eletrônica. Esse também é o tipo de festa mais frequentado pelos nativos. Nas altas temporadas também é comum encontrar música ao vivo tocando nesses eventos tradicionais, celebrados desde a época em que só existiam nativos na ilha.

Na quarta-feira acontece a festa mais tradicional de Morro de São Paulo, no bairro de Mangaba. Além de muita animação, os turistas precisam levar muita energia, porque para chegar no lugar é preciso subir uma escada de 188 degraus. Nessa balada é possível assistir apresentações de capoeira, danças, teatro, declamação poética e música ao vivo. A partir da meia noite o cenário muda totalmente um DJ começa a tocar música eletrônica, levando a festa até o amanhecer. Festas todos os dias do ano e belas praias tornam Morro um paraíso conhecido e amado por todos.